Bem-vindos ao sexto post da série “Ritmos Árabes Muito Loucos“!

Com este artigo eu e o Almanack encerramos o ano cultural e entramos em férias até aproximadamente a metade do ano que vem, para focar em outros projetos pessoais. Estarei, contudo, à disposição para sugestões, conversas e dúvidas por e-mail e Facebook. 😉

Invocando novamente os deuses do mwashah, hoje vou de novo de Al-Kindi Ensemble. Para saber mais um pouco sobre este conjunto musical maravilhoso, volte para o post anterior da série de ritmos.

Muhajjar


O Muhajjar (“feito de pedra”) é um ritmo 14/4 mais comum no mwashah que o “Ritmo Árabe Muito Louco” anterior.

Muhajjar Fonte: www.maqamworld.com

Muhajjar
Fonte: www.maqamworld.com

A música é descrita no álbum apenas como “Mouashshah” (lembrem-se que para transliterar do árabe para idiomas que utilizam o alfabeto latino, como o português, podem ocorrer variações nas escolhas das letras, em especial das vogais

O ritmo é encontrado em três formas diferentes e a imagem acima representa apenas delas. Por apresentar um andamento (“velocidade” em musiquês) lento, é mais fácil acompanhar a notação do ritmo. Lembro aos leitores que as notinhas com hastes para cima, designadas por “D”, representam os graves (“Dum’s”), e as notinhas com hastes para baixo, designadas por “T”, representam os agudos (“Ta’s”).

Também escutamos o ritmo no mwashah “Badat Min al Khidri“, gentilmente sugerido ao Almanack pelo músico Messer Di Carlo. Obrigada, Messer!

A interpretação é da cantora libanesa Ghada Shbeir.

Bons estudos! Boa diversão! Bom deleite! Boas festas!

Beijo e abraço,
Rebeca Bayeh

Fonte: Maqam World.

Ritmos Árabes Muito Loucos – Parte VI: Muhajjar by Rebeca Bayeh is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.